acompanhar

Google+ Followers

Loading...

BENVINDANÇAS

bem vindo ao tempo em que centopeia era carro de guerreiros/
bem vindo ao castelo do último vampiro associado ao último dos dragões/
bem vindo ao amor do amor amado na chama louca dos compassos sussurrados pelo deus dos relâmpagos clamados/

bem vindo à torre em que o pirata espreita o sono povoado da princesa, sabendo: conto de fadas é armadilha e só o otário espera compreensão/
bem vindo, sobretudo, à terra de uma política tão incorreta, que dizer o que pensa é obrigatório na luta pela vida que mantém a cabeça no pescoço

Total de visualizações de página

Postagens populares

Postagens populares

Follow by Email

Translate

Google+ Badge

quarta-feira, 28 de julho de 2010

DESTINO de ATEU

Desde o dia em que te vi,
vivi a loucura e não voltei,
como só os astronautas
que vão morrer em Atlântida.

Tua voz de pássaro descrevendo
ouro num buraco da lua,
teu cheiro de navio pirata naufragado
para servir às orgias das sereias,
teus músculos de amante selvagem
surgida das espumas do mar,
me levaram ao puro delírio
dos desembarcados na terra encantada.

Te saber inalcançável inspira
o descobrimento de novas Américas
ir é o meu destino de ateu
no deserto que serve de prisão aos anjos rebeldes
chamando o desterro e seus seguidores,
os deuses vieram a pé, de ônibus, de caminhão,
vieram reis banidos de todas as terras
guiados pelos seqüestradores sem crença ou ideologia

A mulher de negro dá de comer
aos raios no alto da torre,
enigmas fazem das instituições
disfarces do caos,
atiro moedas e batatas da janela
sangrando o vício dos miseráveis

Ando nu no bosque que tem
sempre a mesma árvore
ansiando a noite apenas por ser noite
vendo teus cabelos sumirem em cada curva.
Entro em você quando mergulho no lago
quando mergulho no lago entro em você
e saio das águas com os braços vazios
do teu corpo de Fêmea do Poente