acompanhar

Google+ Followers

Loading...

BENVINDANÇAS

bem vindo ao tempo em que centopeia era carro de guerreiros/
bem vindo ao castelo do último vampiro associado ao último dos dragões/
bem vindo ao amor do amor amado na chama louca dos compassos sussurrados pelo deus dos relâmpagos clamados/

bem vindo à torre em que o pirata espreita o sono povoado da princesa, sabendo: conto de fadas é armadilha e só o otário espera compreensão/
bem vindo, sobretudo, à terra de uma política tão incorreta, que dizer o que pensa é obrigatório na luta pela vida que mantém a cabeça no pescoço

Total de visualizações de página

Postagens populares

Postagens populares

Follow by Email

Translate

Google+ Badge

sábado, 18 de junho de 2011

ALMA ENTREGUE


Eu trago na valise,
além do Amor que nunca envelhece,
aqueles sorrisos da alma entregue
que eu ganhei de Você
quando descobri o único sentido
da minha vida:
ser teu, teu apenas, e nada mais!

Licença Creative Commons
ALMA ENTREGUE de ERIKO ALVYM é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at erikoalvym.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://sitedepoesias.com/poesias/73446.

MEU AMOR É MUITO MAIOR


Porque eu direi uma vez mais que te amo
se o meu Amor é muito maior
do que a pobreza pétrea das palavras?

E porque ao te amar assim, ainda mais
do que a saudade consente definir
deixo pendurado na cadeira
o paletó da conveniência
que já me cabe mais?

Você é toda uma riqueza de sentimento,
um amor muito mais intenso
do que a mera homenagem
empobrecida pela repetição
do alfabeto permite dizer

Eu te sinto muito mais no sacolejo
do peito, do que a partitura
suporta melodiar

E não existe canção ou poema
que diga o quanto posso ainda te amar,
visto que te amo ainda mais
do que pude entender um dia
amar alguém

e se teimo em dizer o quanto te amo
é que sou incisivo na pobreza
de me fazer entender

até que o teu aceno diga
o que me falta para deitado
na lápide, entregar o coração

ao raio da minha última tempestade

Licença Creative Commons
MEU AMOR É MUITO MAIOR de ERIKO ALVYM é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at erikoalvym.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.poemasdeamor.com.br/poemas/poema.aspx?id=51322.