acompanhar

Google+ Followers

Loading...

BENVINDANÇAS

bem vindo ao tempo em que centopeia era carro de guerreiros/
bem vindo ao castelo do último vampiro associado ao último dos dragões/
bem vindo ao amor do amor amado na chama louca dos compassos sussurrados pelo deus dos relâmpagos clamados/

bem vindo à torre em que o pirata espreita o sono povoado da princesa, sabendo: conto de fadas é armadilha e só o otário espera compreensão/
bem vindo, sobretudo, à terra de uma política tão incorreta, que dizer o que pensa é obrigatório na luta pela vida que mantém a cabeça no pescoço

Total de visualizações de página

Postagens populares

Postagens populares

Follow by Email

Translate

Google+ Badge

domingo, 5 de junho de 2011

STATUS de RITUAL


Eu me pergunto
sempre
que tipo de máquina
produz o vento
que tipo de liga
resulta no mar

Eu me pergunto
principalmente
porque estou só
não tenho tuas ancas
engolindo
o que eu acho maiúsculo
em mim
na prova definitiva
de que aonde eu for
só há sentido em você

Eu quero assaltar um banco
eu quero sequestrar
milionários entediados
utopias sem pé
de cabeça louca
mas só se for com você

Eu quero sexo
tão amorosamente depravado
e não quero outra pessoa
eu não quero saber de pornô
quero você
porque eu entendo
que o mundo é fórmula
que se corrige e dá certo
quando tenho você
e a tua boca engole mais
do que me julguei
capaz de ser

Eu vejo no teu corpo
decoração e sentido
o teu olhar
é uma concepção
tão sustenida
acasalamentos fagulham
planetários furiávidos
porque o meu amor
é uma caça lasciva
do teu corpo
de escancaradas ofertas
e se o teu amor é uma dança
sobre os movimentos da serpente
eu te recebo
aonde a porta fecha na cara
da civilização
e o que é orgia
ganha status de ritual

Licença Creative Commons
STATUS de RITUAL de ERIKO ALVYM é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at erikoalvym.blogspot.com.