acompanhar

Google+ Followers

Loading...

BENVINDANÇAS

bem vindo ao tempo em que centopeia era carro de guerreiros/
bem vindo ao castelo do último vampiro associado ao último dos dragões/
bem vindo ao amor do amor amado na chama louca dos compassos sussurrados pelo deus dos relâmpagos clamados/

bem vindo à torre em que o pirata espreita o sono povoado da princesa, sabendo: conto de fadas é armadilha e só o otário espera compreensão/
bem vindo, sobretudo, à terra de uma política tão incorreta, que dizer o que pensa é obrigatório na luta pela vida que mantém a cabeça no pescoço

Total de visualizações de página

Postagens populares

Postagens populares

Follow by Email

Translate

Google+ Badge

segunda-feira, 4 de julho de 2011

ERIKO ALVYM - ROCK, BLUES & POESIA: AMAR em ALMA

ERIKO ALVYM - ROCK, BLUES & POESIA: AMAR em ALMA: "Mas se é Dia, Amar é um Infinito Maior do que a Alegria, mais do que tudo, queria dizer a você coisas do amor que só no segredo o cor..."

AMAR em ALMA


Mas se é Dia, Amar é um Infinito Maior do que a Alegria,
mais do que tudo, queria dizer a você coisas do amor
que só no segredo o coração compreende, porque Renata
é o Amor que me faz rolar nos abismos da Vontade
as fomes coloridas do fogo indecentemente apaixonado

Eu roubo morangos nos Campos do Senhor
só p'ra te pintar os lábios de desejo e carência,
logo de manhã, eu fabrico joias do Orvalho
só p'ra te ornar os pés, quando te entrego beijos
esculpidos de chamados, quando te levo na cama o café

Você, de tudo é Intensidade, nada há de tão claro e belo
na minha Vida, que não seja Você, Você é fruto
de um Amor tão devotado, que te nascer é Arte
repleta de pedidos que fazem do Amor a festa da Verdade

Ora, Renata, você é o meu sex and drug cheio de rock'n'roll,
no silêncio ousado da tua procura todo beco é oratório,
pois só no baixo das estrelas confidencio aos anjos
a rebeldia e o meu destemor de ter Você,

e por mais punido e julgado em virtude deste Amor
em tudo proibido, eu te Amo ainda assim mais do que a mim,
e se contrario a Paz amando tanto que me julgue indigno
de te receber, hei de amar ainda tão mais devotado

que se eu morrer de uma tristeza maior que o mundo
por nunca ter te amado como é mais do que sonho
o mandato ao qual me obrigo, é que no fundo
devo te amar em alma, no céu ou inferno, como saber?

a eternidade toda, pois te Amar é para mim mais do que tempo,
eu te Amo pois de te Amar existo e sou o que tento
desde que o mundo é mundo, e só posso viver
na Paz Sonhada, se te amando, tenho na minha vida o teu Amor

Licença Creative Commons
AMAR em ALMA de ERIKO ALVYM é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at erikoalvym.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://sitedepoesias.com/poesias/74147.