acompanhar

Google+ Followers

Loading...

BENVINDANÇAS

bem vindo ao tempo em que centopeia era carro de guerreiros/
bem vindo ao castelo do último vampiro associado ao último dos dragões/
bem vindo ao amor do amor amado na chama louca dos compassos sussurrados pelo deus dos relâmpagos clamados/

bem vindo à torre em que o pirata espreita o sono povoado da princesa, sabendo: conto de fadas é armadilha e só o otário espera compreensão/
bem vindo, sobretudo, à terra de uma política tão incorreta, que dizer o que pensa é obrigatório na luta pela vida que mantém a cabeça no pescoço

Total de visualizações de página

Postagens populares

Postagens populares

Follow by Email

Translate

Google+ Badge

sexta-feira, 1 de julho de 2011

CHEIO de SAUDADE


Porque eu te Amo tanto, meu Amor?
porque sou de tal maneira apaixonado
que em mim existe apenas o que é Você?

Você é uma flor tão cheia de um gosto bom,
é uma mulher tão viva no desejo que mantém vivo
o que em mim é intenso
que Te Amar este Tanto Mais
que o Amor abandona os limites
é ser inteiro e cheio de saudade
neste Amor de Sonho

que um dia eu descobri é mais que real

Licença Creative Commons
CHEIO de SAUDADE de ERIKO ALVYM é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at erikoalvym.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.poemasdeamor.com.br/poemas/categoria.aspx?id=2.

ERIKO ALVYM - ROCK, BLUES & POESIA: BONECA de MILHO

ERIKO ALVYM - ROCK, BLUES & POESIA: BONECA de MILHO: "Ando nu no meio da multidão e vejo meus semelhantes com o rosto estampado de trevas, o alvoroço da queda da lua na beiramar espalha..."